aNGIOLOGIA

A angiologia aborda o tratamento clínico das doenças que acometem vasos sanguíneos e vasos linfáticos, como varizes, aneurismas e obstruções arteriais.

 

Ela integra a esfera de tratamentos do sistema circulatório, mas trata especificamente das enfermidades que acometem as artérias, veias e os vasos linfáticos.

 

Segundo dados da Associação Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV), doenças do tipo venosas são tão frequentes que já estão atingindo cerca de 70% da população acima dos 50 anos.

 

O sintoma mais comum é o aparecimento de microvasos nas pernas, que podem variar e progredirem até resultarem em um sério comprometimento da veia safena, demandando diferentes formas de tratamento.

 

Outros sintomas incluem sensação de peso e cansaço, inchaço nos tornozelos, principalmente ao final do dia e após longos períodos de pé.

 

O angiologista é o especialista que vai detectar estes sintomas e tratar doenças circulatórias ainda na fase inicial, além de aplicar medidas de prevenção como alimentação e hábitos de vida mais saudáveis para evitar a necessidade de intervenções cirúrgicas.

 

A importância de procurar esse médico gira em torno da prevenção e diagnóstico precoce de doenças do sistema circulatório e linfático que podem afetar a sua vida de forma muito negativa. Dessa forma, é possível receber recomendações de cuidados diários e diminuir os riscos de complicações decorrentes dos problemas vasculares.

cardiologia

A Cardiologia é a especialidade médica que se ocupa do diagnóstico e tratamento das doenças que acometem o coração bem como os outros componentes do sistema circulatório.


Quando devo consultar um Cardiologista?

 

Deve-se consultar um cardiologista, basicamente, em duas situações: para orientação preventiva e para tratamento de alguma doença.


EXAMES:

 

Eletrocardiograma

 

Através de uma avaliação elétrica é verificada a atividades cardíaca. Os gráficos obtidos neste exame são comparados com um resultado padrão a fim de analisar a existência de alguma anormalidade nos músculos ou nervos.

O eletrocardiograma é um exame simples de ser realizado, porém, é de extrema importância, pois consegue identificar desde pequenas alterações ou situações de maior gravidade, como o infarto do miocárdio.


Teste Ergométrico

 

O Teste Ergométrico é um exame cardiológico realizado em esteira ergométrica e tem como objetivo verificar o comportamento da frequência cardíaca e da pressão arterial nas condições de repouso e de esforço.


Doppler de Carótidas e Vertebrais

 

É um exame que utiliza o ultrassom para visualizar os vasos cervicais: artérias responsáveis por levar o sangue ao cérebro e face.


Esse exame permite avaliar a presença de placas de aterosclerose (gordura), estreitamentos destes vasos, e o espessamento da parede das artérias.


MAPA – Monitorização Ambulatorial de Pressão Arterial

 

Exame que mede por 24 horas a pressão arterial através de um aparelho automático dotado de um registro interno.


O paciente retorna às suas atividade habituais e após 24 horas volta à clínica para retirar o aparelho.


Holter de 24 horas – ECG de 24 horas

 

O exame utiliza o eletrocardiograma realizado por 24 horas para diagnosticar distúrbios no coração que o  eletrocardiograma convencional realizado por poucos segundos não foi capaz de diagnosticar.


Ecodopplercardiograma Transtorácico – Ecocardiografia

 

Estudo de imagens obtidas por ondas de ultrassom, sobre a região cardíaca.

Cirurgia Geral

A Cirurgia Geral é uma especialidade abrangente, que possui atividades eletivas (programadas) e atividades de urgência/emergência.

 

Engloba desde pequenas cirurgias, como cirurgia de apendicite aguda, até cirurgias de grande porte, como cirurgias oncológicas.

 

Tais procedimentos podem ser realizados por via convencional ou por videolaparoscopia.

Clínico Geral

Além de ser o campo que cuida dos pacientes adultos, também é a área de qual derivam todas as  outras especialidades de clínica médica. Isso significa que, por exemplo, para se formar em cardiologia, pediatria,  gastroenterologia, pneumologia ou nefrologia, é necessário antes realizar a especialização em clínica geral.

 

O médico que exerce Clinica Geral analisa o paciente como um todo e não apenas uma parte do corpo.
Esse profissional está apto a tratar diversas doenças e encaminhar seu paciente, quando houver necessidade, para um especialista. Isso quer dizer, quando o problema é muito específico.

Dermatologia

É o médico dermatologista que faz o diagnostico do seu tipo de pele e dá dicas e formas para tratamentos de manchas, antienvelhecimento e pode diagnosticar cedo algum problema através dos cabelos e unhas.

 

Se você sofre com suor excessivo e odores durante o dia todo, unhas fracas e quebradiças, queda excessiva de cabelos, dicas para reduzir as celulites, estrias e flacidez, espinhas e cravos em grande quantidade , pintas que mudam de cor, pele descascando entre os pés ou manchas brancas que não somem com o crescimento das unhas, feridas nos lábios o dermatologista pode ajudar.


Dermatite Seborreica

 

A dermatite seborreica causa inflamação na pele, gerando escamação e vermelhidão no rosto. É uma doença crônica, havendo momentos de melhora e piora no quadro. Pode ter origem genética, ou ser desencadeada por alergias, estresse ou alterações climáticas.


Melasma

 

O melasma se caracteriza pelo surgimento de manchas escuras na pele, que podem aparecer no rosto, braços ou colo. Não existe causa definida, mas muitas vezes se relaciona com o uso de anticoncepcionais, gravidez e exposição solar.


Acne

 

A acne se desenvolve quando os poros da pele ficam obstruídos por células mortas, excesso de sebo, ou bactérias. A acne se manifesta com maior frequência no rosto, pescoço, busto, costas e ombros. O diagnóstico é feito
através de exame clínico do dermatologista, e o quadro clínico da acne é divido em cinco graus diferentes, de acordo com o aspecto da lesão e da inflamação.


Herpes

 

Herpes é causada por um vírus, e aparece como pequenas bolhas transparentes. É uma doença contagiosa e benigna, que costuma se manifestar em períodos de baixa imunidade, estresse ou infecções. O tratamento deve ser iniciado tão logo comecem os primeiros sintomas.


Foliculite

 

A foliculite ocorre quando há infecção dos folículos pilosos. Pode ser superficial ou profunda, mas os sintomas geralmente são: pequenas erupções vermelhas, com ou sem pus, que causam coceira e deixam a região sensível.


Dermatite de contato

 

A dermatite de contato é uma reação inflamatória que ocorre após a exposição a um componente que causa alergia ou irritação. Os sintomas podem variar quanto a característica e duração da crise, mas geralmente produz uma erupção vermelha que deixa a pele seca e áspera.


Psoríase

 

A psoríase é uma doença de pele crônica e não contagiosa. Os sintomas aparecem e desaparecem periodicamente. Pode ter causas relacionadas ao sistema imunológico, interações com o meio ambiente ou genéticas. Os sintomas variam desde manchas vermelhas, a pele ressecada com coceira, queimação e descamação.


Câncer de pele

 

O câncer de pele é o tumor maligno de células que compõe a pele. Existem diversos tipos de câncer de pele, e os primeiros sinais podem se assemelhar a pintas ou eczemas. É importante conhecer bem sua pele, e ao detectar qualquer Irregularidade realizar um exame clínico com dermatologista que será capaz de diagnosticar o caso e buscar o melhor tratamento.


Hanseníase

 

A hanseníase é uma doença infecciosa causada por uma bactéria. É curável, desde que o tratamento seja seguido conforme indicação do dermatologista.
A transmissão se dá através do contato íntimo e contínuo com um infectado que não esteja em tratamento. Os primeiros sintomas podem aparecer na pele, olhos e tecidos do interior do nariz. Aparecem manchas de cor parda, nas quais ocorrem perda de sensibilidade da pele, de pelos e ausência de transpiração.


Micose

 

A micose é uma infecção causada por fungo que pode atingir a pele, unha ou cabelos. Os fungos estão presentes em nosso organismo, mas se reproduzem ao encontrar condições favoráveis, como umidade, calor, uso de antibióticos e baixa de imunidade. A micose se caracteriza pelo surgimento de descamação, perda pelos ou unhas e manchas que causam coceiras.


Vitiligo

 

O Vitiligo causa a perda da coloração da pele. Não é contagioso e não traz prejuízos a saúde física, mas pode causar impacto na qualidade de vida, e na autoestima.

ENDOCRINOLOGIA

É uma especialidade médica que estuda as ordens do sistema endócrino e suas secreções específicas, chamadas de secreções fisiológicas, possuindo vários ramos de estudo, como a neuroendocrinologia, tireóide, obesidade e diabetes, adrenais, endocrinologia feminina e masculina, metabolismo dos carboidratos, lipídios e proteínas, tumores neuroendócrinos e síndromes poliglandulares.


Crescimento

 

Alterações hormonais, nutricionais ou genéticas podem afetar o crescimento e desenvolvimento de crianças e adolescentes. O endocrinologista é capaz de avaliar o caso e investigar as causas de alterações no desenvolvimento, orientando qual o melhor tratamento.


Doenças da Glândula Supra Renal

 

A glândula supra renal é uma glândula endócrina situada acima dos rins.

Algumas doenças podem comprometer o funcionamento normal dessas glândulas, levando ao excesso de algum de seus hormônios ou sua deficiência.


Doenças da Hipófise

 

A hipófise é uma glândula localizada na base do cérebro que tem como função regular e produzir diversos hormônios. Várias doenças podem acometer esta glândula levando a diminuição ou produção excessiva desses hormônios, gerando quadros clínicos específicos, conforme os hormônios afetados.


Diabetes

 

A diabetes é uma síndrome de origem múltipla que causa aumento da glicose no sangue. Existem diferentes tipos de diabetes, sendo as mais comuns: pré-diabetes, diabetes tipo I, diabetes tipo II, diabetes gestacional. Os sintomas

podem variar, mas exames como o teste de glicemia e a hemoglobina glicada podem detectar a síndrome.


Obesidade

 

A obesidade é o excesso de gordura no corpo que pode ser medida pelo IMC (índice de massa corpórea). A gordura localizada no abdômen é a mais prejudicial, pois representa um grande risco para a saúde e está associada ao

desenvolvimento de diabetes, aumento da pressão arterial, aumento do colesterol, entre outras doenças. Com dietas adequadas e um tratamento orientado pelo endocrinologista é possível diminuir os riscos e complicações da obesidade.


Tireoide

 

A tireoide é uma glândula com formato de borboleta, localizada na parte inferior do pescoço. Interfere  no metabolismo, no crescimento e desenvolvimento de crianças, na regulação dos ciclos menstruais, na fertilidade, no peso, no controle emocional etc. Quando a tireoide não está funcionando adequadamente pode liberar hormônios em excesso (hipertiroidismo) ou em quantidade insuficiente (hipotireoidismo). Durante a consulta o médico também

investiga a presença de nódulos na tireoide.

EXAMES DE IMAGENS

A especialidade engloba todos os exames de imagem auxiliares no diagnóstico e tratamento das patologias em geral. Sendo assim, ela trabalha em conjunto com todas as demais especialidades. Além disso, os exames se mostram bastante significativos para prevenção de diversas doenças.

 

Com equipamentos que apresentam baixa dose de radiação, a Empremed coloca a disposição de seus pacientes aparelhos modernos em pleno funcionamento no Pronto socorro. Entre as principais subespecialidades da Radiologia e Diagnóstico por Imagem disponíveis na Empremed estão a Radiologia Geral Digital, Ultrassonografia Geral e Obstetrícia e Mamografia.

Exames Laboratoriais

Uma das principais finalidades dos testes laboratoriais é auxiliar o raciocínio médico após a obtenção da história clínica e a realização do exame físico.

 

Para tanto, todas as fases de execução dos testes, sobretudo a pré-analítica, devem ser conduzidas seguindo o rigor técnico necessário para garantir a segurança do paciente e resultados exatos.

 


A realização de exames divide-se em:

 

Fase pré-analítica: começa na coleta de material, seja ela feita pelo paciente (urina, fezes e escarro), seja feita no ambiente laboratorial.

Fase analítica: corresponde à etapa de execução do teste propriamente dita.

Fase pós-analítica: inicia-se no laboratório clínico e envolve os processos de validação e liberação de laudos, encerrando-se após o médico receber o resultado final, interpretá-lo e tomar sua decisão.

A necessidade do jejum decorre do fato de os valores de referência dos testes terem sido estabelecidos em indivíduos nessa condição. Ademais, a refeição pode alterar a composição sanguínea momentaneamente – sem o pré-requisito, cada exame teria de ser analisado à luz do que a pessoa ingeriu. A maioria dos exames exige 06 horas de jejum, mas podem sofrer variação de 03 até 12 horas.


Hemograma completo

 

O hemograma completo é um exame de sangue que serve para avaliar os glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e plaquetas do sangue.


Hemograma

 

O hemograma é o exame para avaliar as três principais linhagens de células do sangue (hemácias, leucócitos e plaquetas). É o mais complexo e o que merece maiores explicações.


Hemácias (glóbulos vermelhos)

 

Serve para o diagnóstico de anemia é a redução do número de células vermelhas.

Valores um pouco fora da faixa de referência podem não ter significado clínico. Fumantes costumam tê-los um pouco elevado devido a pior oxigenação do sangue pelos seus pulmões.


Colesterol total, frações e triglicérides

 

São exames de sangue que medem as taxas de triglicérides, colesterol e suas frações: o HDL (o “colesterol bom”), LDL e VDL. Quando elevados, aumentam o risco de derrames cerebrais e infartos.

Colesterol –– HDL – LDL – Triglicérides

 

HDL


colesterol bom. Protege os vasos da aterosclerose (Placas de gordura). Quanto mais elevado melhor.


LDL e VLDL 


Colesterol ruim, formador da aterosclerose que obstrui os vasos sanguíneos e leva a doenças como infarto. Quanto mais baixo melhor.

 

Triglicerídeos – são um tipo de gordura proveniente da ingestão de carboidratos e da própria gordura. Assim, ele está presente em cerca de 90% da nossa alimentação, enquanto o colesterol pode ser encontrado em apenas 10% dos alimentos ingeridos.

 

T3, T4, T4 Livre e TSH

 

São exames que avaliam o funcionamento da Tireóide. A glândula Tireóide está localizada no pescoço e sua função primordial é a de regular o metabolismo corporal; ela ainda pode interferir no desenvolvimento e crescimento normais.


Glicose

 

A glicose é o carboidrato mais importante da biologia, pois as células a utiliza como fonte de energia e ainda intermediária do metabolismo. Como é a maior fonte de energia, o organismo transforma todos os carboidratos dos alimentos ingeridos em glicose.

A dosagem de glicose é importante para o diagnóstico ou controle do tratamento do diabetes mellitus. Só tem valor se realizada com um jejum mínimo de 8 horas.


Glicemia e hemoglobina glicosilada

 

São exames que servem para medir o nível de açúcar do sangue.
As principais doenças que alteram o nível de glicose no sangue são o diabetes tipo 1 e o diabetes tipo 2.
O diagnóstico precoce do diabetes pode prevenir doenças graves como cegueira e insuficiência renal.


Ácido úrico

 

O ácido úrico é o metabólito resultante da metabolização de algumas proteínas pelo organismo. Níveis elevados são fatores de risco para gota , cálculo renal e estão associados a hipertensão e doenças cardiovasculares.


Urocultura

 

É o exame de escolha para diagnosticar infecção urinária. Com ele conseguimos identificar a bactéria responsável e ainda testar quais são os antibióticos efetivos e resistentes


FONOAUDIOLOGA

É a ciência que estuda: Voz; Dicção (fala); Audição;  deglutição atípica; Aprendizagem; Comunicação (verbal e não verbal). E trata dos seus distúrbios e/ou patologias.

 


EXAMES:
 

Audiometria Tonal

 

Exame que mede o grau de audição e é realizado em cabina acústica com equipamento denominado audiômetro. Através da audiometria é obtido o limiar aéreo nas frequências testadas e o limiar por via óssea, quando necessário.


Audiometria Vocal

 

Teste realizado em cabina acústica com equipamento denominado audiômetro para  verificar o limiar de recepção da fala e o índice percentual de reconhecimento da fala.


Avaliação infantil – técnica Suzuki & Ogiba

 

Semelhante à audiometria tonal limiar, mas sem fone de ouvido. Os sons são emitidos e a criança tem ajuda de um brinquedo luminoso para responder, facilitando sua compreensão e resposta ao teste. Possibilita uma interpretação mais fidedigna dos resultados. Pode ser realizado em crianças de 1 a 2 anos. É um teste que depende da colaboração do individuo, não automático.
Necessita consulta médica prévia, pois pode-se ter os ouvidos obstruídos por cera. A remoção da cera deve ser realizada pelo médico que solicitou o exame.


Audiometria de alta frequência

 

Tem por finalidade mensurar o nível mínimo de intensidade sonora nas frequências de 10.000, 12.500 e 16.000Hz. É realizada em cabina acústica com fones calibrados para emitir sons extremamente agudos. Utilizada para detectar alteração auditiva precoce e monitorizar indivíduos submetidos a tratamento com drogas ototóxicas.
É um teste não automático, que depende da colaboração do individuo.
Realizado em cabina acústica com fones de ouvido especial para emitir sons de alta frequência. No caso de crianças, é utilizado brinquedo durante o teste para facilitar as respostas.
O teste demanda avaliação médica prévia, de forma a assegurar que não haja obstrução dos ouvidos por cera, ou outros problemas. Havendo cera em excesso, sua remoção deverá ocorrer antes do exame. Não necessita preparo.

GASTRENTEROLOGIA

A Gastrenterologia é uma especialidade da Medicina que estuda e trata a estrutura, função e doenças do aparelho digestivo. O aparelho digestivo é composto por esôfago, estômago, intestino delgado e intestino grosso ou cólon e pelos órgãos anexos fígado, vesícula biliar e pâncreas.

 


EXAME:
 

Endoscopia

 

A endoscopia é um exame que analisa a mucosa do esôfago, estômago e primeira parte do intestino delgado. Ele é feito usando um tubo (endoscópio) que tem na ponta um chip responsável por capturar as imagens do sistema digestivo, como uma câmera. A endoscopia é um exame indolor, rápido e com poucas complicações, esse exame também pode ser usado para realizar biópsias.

Geriatria

Geriatria é a especialidade médica que abrange desde a promoção de um envelhecer saudável até o tratamento e a reabilitação do idoso.

 

Possui instrumental específico para atender aos objetivos da promoção da saúde, da prevenção e do tratamento das doenças, da reabilitação funcional e dos cuidados paliativos.

GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA

A ginecologia é o ramo da medicina que trata da saúde da mulher de todas as idades.

É o especialista responsável pelas consultas de rotina, prescrição de métodos contraceptivos, sexualidade, gravidez e tratamento para menopausa e infertilidade.


EXAMES:
 

Ultrassom

 

O ultrassom ginecológico ou pélvico, é feito através do abdômen e deve ser realizado com a bexiga cheia.
O ultrassom obstétrico é realizado em gestantes, para avaliar os aspectos referentes a saúde e sexo do bebê.

O ultrassom da mama é um exame de imagem que torna possível a avaliação da glândula mamária, e detecta alterações ou lesões.


Mamografia

 

Exame mais recomendado para o diagnóstico precoce do câncer de mama.

Possui resultado altamente eficaz, capaz de mostrar o câncer muito antes deste ser palpável. Indicado para mulheres acima de 40 anos de idade, ou que tenham recebido recomendação do especialista.


Papanicolau

 

Exame no qual o ginecologista colhe material que será analisado em laboratório, no qual é possível detectar inflamações, displasias e doenças como HPV e o câncer do colo do útero.


Especular

 

O ginecologista introduz um espéculo no canal vaginal com o objetivo de avaliar a cor e aspecto do colo do útero. Com esse exame é possível detectar lesões, inflamações, presença de corrimento ou hemorragias.


Toque Vaginal

 

Parte do exame físico para análise da vagina, do colo e corpo do útero. O toque vaginal é de grande importância para o diagnóstico de endometriose e doenças inflamatórias pélvicas.


Exame clínico de mama

 

Realizado durante a consulta com o ginecologista, a palpação das mamas é realizado para examinar as mamas buscando encontrar nódulos suspeitos de tumores.

NEUROLOGISTA

É a especialidade médica que trata dos distúrbios estruturais do sistema nervoso . Esta especialidade lida com o diagnóstico e tratamento de todas as categorias de doenças que envolvem os sistemas nervoso central, periférico e autônomo, incluindo os seus revestimentos e vasos sanguíneos.


Entre as principais doenças abordadas pela especialidade podem-se citar:

 

Distúrbios do sono; Neuro-infecções; Epilepsias; Doenças vasculares encefálicas; Neuropatias; Mielopatias; Traumatismo crânio-encefálico; Doenças neurodegenerativas; Distúrbios dos movimentos; Síndrome de Guillain-Barré; Deficiência mental e Malformações congênitas do Sistema Nervoso.


Esclerose Múltipla

 

A esclerose múltipla é uma doença autoimune que afeta o cérebro e a medula espinhal. Isso acontece porque o sistema imunológico do corpo confunde células saudáveis com “intrusas”, e as ataca provocando lesões no cérebro. Os
sintomas variam amplamente, dependendo da quantidade de danos e os nervos que são afetados. A esclerose múltipla (EM) se caracteriza por ser uma doença potencialmente debilitante. Pessoas com casos graves de esclerose
múltipla podem perder a capacidade de andar ou falar claramente. As causas exatas da esclerose múltipla não são conhecidas, e a doença não tem cura, mas pode ser controlada.


Epilepsia

 

A epilepsia é uma alteração cerebral temporária que se expressa por crises epilépticas repetidas. As causas podem ser diversas, como: lesão no cérebro, decorrente de uma forte pancada na cabeça, infecção (como a meningite), neurocisticercose, entre outras.

A crise mais comum de epilepsia é a convulsiva, na qual a pessoa pode cair no chão, apresentar contrações  musculares, morder a língua, salivação intensa.

Existe também a crise de desligamento, a pessoa fica com o olhar fixo, perdendo contato com o meio por alguns segundos. O tratamento é feito através de medicamentos.


AVC

 

O AVC, acidente vascular cerebral, ocorre quando há um entupimento ou rompimento dos vasos que levam sangue ao cérebro, provocando paralisia da área cerebral. Existem recursos terapêuticos capazes de ajudar a restaurar funções, movimentos e fala que podem ser afetados. Quanto antes forem aplicados, melhores serão os resultados.


Cefaleia – Dor de cabeça

 

A cefaleia, ou dor de cabeça, pode ser causada pela enxaqueca, pela tensão ou por outras doenças, como a sinusite, aneurisma entre outras. O tratamento depende do diagnóstico e das causas da dor de cabeça. Existem medicamentos que aliviam os sintomas, mas é importante avaliar a causa para evitar as crises.


Mal de Parkinson

 

O mal de Parkinson é uma doença cerebral que causa tremores, rigidez muscular e dificuldades para se movimentar. É mais frequente após os 50 anos, e pode ser hereditário. O diagnóstico acontece no consultório, com o
médico realizando um exame físico. O tratamento do Mal do Parkinson tem como objetivo controlar os sintomas da doença, que não tem cura.


Alzheimer

 

A doença de Alzheimer se caracteriza pelas perdas neuronais, e se agrava ao longo do tempo, mas pode e deve ser tratada. A idade é o principal fator de risco para o desenvolvimento do Alzheimer. O seu diagnóstico é clínico, feito pela avaliação do médico. Os tratamentos devem ser específicos para controlar os sintomas.


EXAMES:
 

O exame neurológico pode revelar distúrbios do cérebro, dos nervos, dos músculos e da medula espinhal. Os quatro principais componentes de um exame neurológico são: a anamnese (história clínica), a avaliação do estado mental, o exame físico e, quando necessário, exames diagnósticos.

 

Avaliação do Estado Mental

 

A história clínica fornece ao médico uma boa avaliação sobre o estado mental do paciente. No entanto, um teste mais específico do estado mental normalmente é necessário para se diagnosticar um problema que esteja
afetando os processos mentais.


Exame Físico

 

Ao realizar um exame físico como parte de uma avaliação neurológica, o médico costuma examinar todos os sistemas orgânicos, mas com maior atenção no sistema nervoso. São examinados os nervos cranianos, os nervos motores, os nervos sensoriais e os reflexos, assim como a coordenação, a
postura, a marcha, a função do sistema nervoso autônomo e o fluxo sanguíneo cerebral.


Nervos Cranianos

 

O médico examina a função dos 12 pares de nervos cranianos, que estão diretamente conectados ao cérebro. Um nervo craniano pode ser afetado em qualquer ponto de seu trajeto em decorrência de lesões, tumores ou infecções
e, por essa razão, é necessário que seja determinada a localização exata da lesão.

Nutrição

A boa nutrição é o combustível do corpo. Sem ela, o organismo não funciona como deveria e todas suas funções acabam prejudicadas. E ela depende diretamente da boa alimentação, que precisa ser completa, variada e nutritiva, capaz de oferecer todos os nutrientes que o corpo precisa, garantindo a saúde necessária desempenhar as atividades do dia a dia.

 

Foi por isso que surgiu a área de Nutrição, especializada no estudo da anatomia humana e da composição dos alimentos, de forma a identificar os benefícios que cada organismo pode adquirir no ato de se alimentar. Isso deve acontecer de forma consciente, ou seja, buscando a ajuda de um profissional de educação nutricional que poderá avaliar cada caso com mais clareza e promover a segurança alimentar.

 

O nutricionista é responsável por levar a informação sobre a importância da ingestão correta de nutrientes e organizar o dia a dia das pessoas com alimentos que se encaixem na individualidade de cada um, para que façam escolhas saudáveis e tenham vidas melhores.

 

Entre os principais benefícios de fazer a consulta com um nutricionista, estão:
melhoria da qualidade do sono, melhoria da disposição, estabilização do peso e diminuição da ocorrência de doenças.

 

Bioimpedância

 

Exame que realiza a conferencia do peso, IMC, massa magra, gordura corporal e visceral e ainda conhecer a sua idade biológica e taxa metabólica.

Odontologia

Odontopediatria

 

visa a prevenção, manutenção e reabilitação da saúde bucal da criança.


Dentística Restauradora

 

objetiva a estética, a devolução da função mastigatória e a reabilitação de dentes comprometidos por cáries, fraturas ou estragados por fenômenos como abrasão e erosão. É o ramo da Odontologia que atua na área da cosmética e restauração dental. Entre outros serviços, os profissionais desta especialidade tratam de clareamento dos dentes, uso de resinas diretas, peeling gengival, facetas e restaurações estéticas. O seu principal foco é a estética.


Endodontia

 

relacionada ao tratamento dos canais, infectados ou não.

Diagnóstico e tratamento de enfermidades da polpa dentária e canais radiculares.


Periodontia

 

trata das doenças da gengiva além de cuidar das estruturas que dão suporte, nutrição e sensibilidade ao dente.


Prótese Dentária

 

cuida da recuperação das coroas dentais e da reparação de espaços decorrentes de extrações. Especialização na confecção de coroas, próteses dentárias fixas, removíveis ou próteses totais e de próteses sobre
implantes.


Ortodontia

 

corrige o posicionamento dos dentes reestabelecendo a correta articulação entre as arcadas dentais por meio de aparelhos corretivos fixos ou móveis.


Implantodontia

 

relacionada à colocação de raízes artificiais nos ossos da arcada, para adaptação de dentes ausentes. É o ramo da Odontologia que restaura espaços ausentes de dentes através da implantação de dentes
protéticos sobre uma peça de titânio no interior do tecido ósseo na área onde ficava o elemento dental ausente.


Cirurgia e Traumatologia Buco

 

Maxilo – Facial – estudo e tratamento das fraturas e lesões dos maxilares, mandíbulas e dentes.


Odontogeriatria

 

se concentra no estudo dos fenômenos decorrentes do envelhecimento que também têm repercussão na boca e suas estruturas associadas, bem como a promoção da saúde, o diagnóstico, a prevenção e o tratamento de enfermidades bucais e do sistema estomatognático do idoso.

Oftalmologia

A oftalmologia é uma especialidade da medicina que estuda e trata as doenças relacionadas à visão, à refração e aos olhos e seus anexos.


Gonioscopia

 

Consiste na visualização do ângulo entre a córnea e a íris, local onde é feito o escoamento do líquido formado dentro do olho (humor aquoso), o qual exerce efeito sobre a pressão ocular. É um exame importante em pacientes com glaucoma ou suspeita de glaucoma.


Mapeamento de Retina

 

Exame realizado após a dilatação das pupilas para examinar a retina em detalhe. É indicado principalmente em pacientes míopes, hipertensos, diabéticos, ou que sofreram trauma ocular, para detectar eventuais alterações em qualquer porção da retina.


Tonometria

 

Método de medida da pressão intraocular. É realizado rotineiramente nas consultas e visa detectar precocemente o glaucoma ou o aumento de pressão intraocular.

Ortopedia e Traumatologia

O ortopedista é o médico que cuida das doenças e deformidades dos ossos, músculos, articulações e ligamentos.

 

Na área de traumatologia lida com o trauma do aparelho músculo-esquelético.


Lesões de Ligamentos

 

As lesões de tendões e ligamentos são causados por ferimentos extremos, que podem causar traumas nesses tecidos. Causa inchaço e dor, e o tempo de melhora varia conforme o grau da lesão. Acontece com frequência em esportistas e pessoas que realizam movimentos repetitivos durante o dia.


Osteoporose

 

A osteoporose é uma doença metabólica que acomete os ossos. Tem como fatores de risco o histórico familiar, baixa ingestão de cálcio, alcoolismo, baixa atividade física entre outros. É uma doença silenciosa, que se expressa por fraturas com pouco ou nenhum trauma. A densitometria óssea é o principal exame para diagnóstico da osteoporose.


Fratura

 

A fratura óssea é a perda da continuidade de um osso, que se divide em dois ou mais fragmentos. É causada quando o osso recebe força superior a sua capacidade, em quedas, pancadas e outros acidentes. Causa dor, inchaço e

incapacidade de movimentos e com um exame radiográfico é possível classificar seu tipo e melhor tratamento.


Escoliose

 

A escoliose é uma alteração em curva da coluna vertebral, que pode ser congênita (de nascença), neuromuscular (causada por problemas neurológicos) ou idiopática (sem causa conhecida). Pode causar desconforto muscular, ombros ou quadris assimétricos e curvatura da coluna anormal. O tratamento depende da causa, tamanho e localização da escoliose.


Lombalgia

 

A lombalgia causa dor na coluna no nível da cintura, podendo irradiar-se para as pernas. O problema muitas vezes é postural, devido a uma má posição ao se deitar, abaixar ou sentar. Pode ocorrer também por inflamação, hérnia de disco, artrose, entre outros.


Hérnia de Disco

 

Os ossos da coluna vertebral são separados por discos, que protegem a coluna e deixam espaço entre as vértebras. Esses discos podem sair do lugar por lesão ou esforço, causando dor.

A predisposição genética, o envelhecimento,
pouca atividade física e tabagismo podem favorecer o aparecimento de hérnias de disco. O tratamento pode ser feito com medicamentos, repouso e fisioterapia, ou cirurgia em casos extremos.


Raio X

 

Radiografia é um exame que registra a imagem de ossos, órgãos ou formações internas do corpo utilizando raios X.


Para que serve

 

De baixo custo e disponível na grande maioria dos serviços de saúde do país, o Raio X serve para avaliar as condições de órgãos e estruturas internas como o pulmão e a coluna, para pesquisar fraturas e para acompanhar a evolução de tumores e doenças ósseas, entre outros.

Otorrinolaringologia

A otorrinolaringologia é a especialidade médica que trata de problemas relacionados ao ouvido, nariz, seios da face e garganta, seja através de medicamentos, seja por meio de procedimentos cirúrgicos


Labirintite – Distúrbios do labirinto

 

A labirintite é um distúrbio do ouvido que causa vertigem, dificuldade de focar os olhos, tontura, perda de equilíbrio entre outros. Existem muitas causas prováveis para a labirintite, mas as seguintes situações aumentam o risco de
aparecimento da doença: histórico de alergias, doença viral recente, infecção no ouvido, estresse, entre outras. O tratamento correto é importante para amenizar as crises de labirintite.


Desvio do Septo Nasal

 

O septo separa uma narina da outra, mas problemas inflamatórios ou durante o desenvolvimento dos ossos, traumatismos e acidentes podem causar alterações e gerar problemas. Pode causar dificuldade para dormir, respiração
boca, ronco e dores de cabeça. Após exame clínico o  torrinolaringologista diagnosticará o desvio e indicará o melhor tratamento.


Amigdalite

 

A amigdalite é a inflamação das amídalas, podendo ser bacteriana ou viral.
Tem como sintomas a dificuldade em engolir, dor no ouvido, febre e dor de cabeça. O tratamento dependerá do que estiver causando a amigdalite. A retirada das amígdalas é indicada em caso de amigdalite de repetição.


Otite

 

A otite é uma infecção do ouvido. As crianças são mais propensas a ter esse tipo de infecção, que deve ser tratada corretamente, pois pode levar a complicações graves. Pode ser causadas por bactérias e vírus, e tem como sintomas a dor de ouvido, febre, dor de cabeça e problemas para dormir.


Existem testes que podem confirmar o diagnóstico da doença e o melhor tratamento será indicado pelo médico.


Teste da Orelhinha

 

Utilizado para avaliação da audição e triagem de surdez em recém nascidos e crianças, principalmente no primeiro ano de vida. É introduzida uma pequena
sonda na parte mais externa da orelha, sendo emitido um breve som. O exame é automático, preciso e indolor. Recomendado para todos os recém-nascidos.


Exame dos Pares Cranianos

 

É um teste clinico com objetivo de avaliar a função dos nervos cranianos relacionados com o nervo auditivo. É realizado observando-se a motricidade e a sensibilidade dos nervos III, IV, V, VII cranianos. Nenhum preparo é necessário para o exame.


Exame do nariz, da faringe e da laringe. É realizado com aparelhos rígidos ou flexíveis com excelente definição de imagem, sendo geralmente gravados em DVD. É um exame importante nos pacientes com problemas da deglutição,
ronco e apnéia do sono, alterações da voz e naqueles pacientes muito sensíveis à endoscopia realizada pela boca, além de outros.

 

Nas crianças, permite visualizar os adenóides e a laringe. No caso de distúrbios da voz o Serviço conta com  videoestroboscopia, conferindo maior precisão ao diagnóstico. Este exame não causa dor e o desconforto é pequeno.
Pode ser realizado em todas as idades, necessitando de poucos minutos. Não é necessário nenhum preparo especial.


Videoendoscopia da Deglutição – VED

 

Exame que avalia a deglutição, ou seja, o processo de engolir. É realizado com leite ou alimentos sólidos, líquidos e pastosos misturados a corantes e visualização por videoendoscopia.

Pediatria

A pediatria é o ramo da medicina que avalia o desenvolvimento de crianças de todas as idades. Atua na prevenção e no tratamento das mais diversas doenças infantis.


Puericultura

 

A puericultura é o cuidado com o processo de desenvolvimento da criança. É importante para detectar precocemente os mais diferentes distúrbios de crescimento, nutrição e desenvolvimento. Atua na prevenção de diversas

doenças, e orienta sobre cuidados com a dieta, higiene, comportamento e nutrição.


Refluxo gastroesofágico

 

O refluxo gastroesofágico é a passagem involuntária dos alimentos para o esôfago. É comum em bebês e causa regurgitação e vômitos.

Pode causar também a esofagite de refluxo, trazendo cólicas, choro intenso e dificuldade para mamar, além de sintomas respiratórios.
O pediatra avaliará o tipo de alimentação da criança, receitando o melhor tratamento.


Asma

 

A asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas. Existem diferentes graus de asma, e somente após consulta com um especialista será possível determinar o tipo mais adequado de tratamento. Os ataques de asma podem variar quanto a sua duração e sintomas, que podem ser tosse, dificuldade respiratória entre outros.


Catapora

 

A catapora, ou varicela, é causada por vírus e pode ser contraída por pessoas que não receberam a vacina ou que nunca foram acometidas pela doença.


Teste do Pezinho

 

Exame feito a partir de sangue coletado do calcanhar do bebê e que permite identificar doenças graves, como: o hipotireoidismo congênito (glândula tireóide do recém-nascido não é capaz de produzir quantidades adequadas de hormônios), a fenilcetonúria (doença do metabolismo) e as hemoglobinopatias (doenças que afetam o sangue – traço falcêmico e doença falciforme).


Todas as crianças recém-nascidas, a partir de 48 horas de vida até 30 dias do nascimento devem realizar o teste do pezinho. Isto porque qualquer pessoa pode ter um filho portador da doença, mesmo que nunca tenha aparecido um caso na família.


Teste do reflexo vermelho ou teste do olho

 

O teste previne doenças como a retinopatia da prematuridade, glaucoma, infecções, a cegueira e, principalmente, as que precisam de tratamento urgente, como a catarata congênita – 2ª causa de cegueira infantil e o

retinoblastoma – tumor mais frequente da infância.


Audiometria Infantil Comportamental

 

Esse tipo de audiometria, avalia o comportamento da criança frente ao estimulo auditivo. É usado para crianças de 0 a 2 anos de idade ou crianças com outros comprometimentos associados.

Pneumologia

É a especialidade médica a qual é responsável pelo tratamento das patologias das vias aéreas inferiores. Entre as doenças sob enfoque da pneumologia encontram-se Apnéia Obstrutiva do Sono, Asma, Doença Pulmonar Obstrutiva crônica (DPOC), Pneumonias em suas variadas etiologias, Fibrose Cística, Tuberculose, Micoses Pulmonares, Doenças Pulmonares Interticiais, Transtornos vasculares dos pulmões, Doenças auto-imunes com comprometimento pulmonar e as Pneumoconioses e a realização de exame espirométrico (ou espirometria) de broncoscopia.


Espirometria (Teste de função pulmonar)

 

Exame em que avalia os volumes e fluxos de ar que entram e saem do pulmão.

O paciente deve assoprar no bocal do aparelho de espirometria para ser avaliado. Se o resultado indicar algum tipo de alteração, outros exames serão necessários para confirmar um diagnóstico de doenças respiratórias.

 

Proctologia

A Proctologia é a especialidade médica que trata de doenças do intestino, do reto e do ânus, como hemorróidas, fístulas, fissuras, abscessos anais, prolapso intestinal, diverticulite, doenças inflamatórias intestinais, colites, pólipos intestinais, tumores de intestino, reto e ânus.


Os principais fatores que indicam a necessidade de uma consulta com coloproctologista são:

 

Sangramento anal, dificuldade para evacuar, dor e cólica abdominal frequentes, constipação intestinal, diarreia, alteração recente do ritmo intestinal, prurido anal,
incontinência fecal, dor anal, emagrecimento, história familiar de câncer.

Além disso, para a prevenção de tumores de intestino, uma avaliação inicial pode ser agendada a qualquer momento.


EXAMES:
 

Colonoscopia

 

A colonoscopia é um exame do qual permite a analise do interior do cólon e reto, por meio de um tubo flexível colocado através do orifício anal. A colonoscopia também pode ser usada para retirada de pólipos da parede do
intestino.


Toque Retal

 

O exame de toque retal é simples e indolor, dura menos que 15 segundos e é extremamente importante para detectar precocemente a suspeita ou a existência de doenças malignas como o câncer de próstata.
O Toque retal deve ser feito pelo menos uma vez ao ano por homens acima de 50 anos ou que estão no grupo de risco.

Psicologia

Psicologia é a ciência que estuda o comportamento e as funções mentais.
A psicologia tem como objetivo imediato a compreensão de grupos e indivíduos tanto pelo estabelecimento de princípios universais como pelo estudo de casos específicos, e tem, segundo alguns, como objetivo final o beneficio geral da sociedade.


A avaliação psicológica

 

 É composta por aplicação de testes, entrevistas, dinâmicas, analise documental, observação,  compreendido como um processo cientifico, podendo sua aplicação ser de maneira individual ou em grupo. Esta bateria resulta no conhecimento mais profundo da personalidade, aptidão do avaliado, tendo por finalidade diversos contextos – Trânsito, Jurídico, Admissional, etc.


Orientação Vocacional e profissional 

 

A orientação vocacional e profissional visa facilitar o processo de escolha ocupacional e dar subsídios para a formação de uma identidade profissional para aquelas pessoas que apresentam uma problemática nessa esfera. 0 trabalho pode ser conduzido tanto de forma individual, como em grupo.

Cirurgias em geral que necessitem de laudo Psicológico (laqueadura, plástica
reparadora, etc.) e Cirurgia Bariátrica e Transgenitalização;


Avaliação Neuropsicológica

 

A avaliação neuropsicológica busca investigar quais as funções cognitivas que estão preservadas e as que estão comprometidas. Através do uso de instrumentos (testes, baterias, escalas) padronizados para avaliação das funções cognitivas, o neuropsicólogo irá pesquisar o desempenho de habilidades como atenção, percepção, linguagem, raciocínio, abstração, memória, aprendizagem, processamento da informação, visuoconstrução, afeto, habilidades motoras e executivas.

 

A avaliação neuropsicologica  tem por objetivo poder coletar os dados clínicos para auxiliar na compreensão da extensão das perdas e explorar os pontos intactos que cada patologia provoca no sistema nervoso central de cada paciente. A partir desta avaliação neuropsicológica é possível estabelecer tipos de intervenção, de reabilitação particular e específica para indivíduos e/ou grupos de pacientes com disfunções adquiridas, genéticas, primariamente neurológicas ou secundariamente a outros distúrbios.

Psiquiatria

Psiquiatria é a especialidade medica que cuida das diferentes formas de distúrbios mentais, sejam elas de caráter, funcional ou comportamental, que levam o paciente ao sofrimento metal, inadequação e incapacidade social.

 

Tabagismo, Alcoolismo e outros Vícios Dependência física e psicológica do consumo de nicotina, substância presente no tabaco, álcool e outras drogas ou medicações. Existem variados tratamentos para eliminar o vício em nicotina, a escolha do tratamento é feita em conjunto com o especialista e o paciente.


Transtorno de Hiperatividade

 

O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é um transtorno neurobiológico, de causas genéticas, que aparece na infância e frequentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida.

 

O TDAH na infância pode causar dificuldades na escola e no relacionamento com outras crianças, pais e professores. As crianças são tidas como “avoadas”, “distraídas” e geralmente “hiperativas”. O TDAH pode se apresentar em diversos níveis, leve, moderado e grave.


Ansiedade

 

Os transtornos de ansiedade são doenças relacionadas ao funcionamento do corpo e às experiências de vida. A pessoa pode se sentir ansiosa a maior parte do tempo sem nenhuma razão evidente. A sensação de ansiedade pode ser

tão desconfortável que, para evitá-la, as pessoas deixam de fazer coisas simples (como usar o elevador) por causa do desconforto que sentem.


Transtorno Bipolar

 

O transtorno bipolar causa mudança repentinas de humor, as famosas “oscilações de temperamentos”. O paciente pode ter no mesmo dia picos de felicidade, tristeza, raiva e afeição. Quando há suspeita de transtorno bipolar,
os médicos geralmente recomendam uma série de exames e testes, que poderão confirmar o diagnóstico por meio da eliminação de possíveis outras causas.


Depressão

 

A depressão é uma doença que gera sintomas físicos e emocionais.

Um paciente com depressão sente grande tristeza e desânimo, por vezes, essa doença pode fazer com que o paciente não tenha vontade de fazer atividades
simples cotidianas.

Urologia

O urologista é o especialista que trata do sistema urinário de homens e mulheres, e do sistema reprodutor dos homens.


Realiza diagnósticos e cirurgias urológicas.


Biópsia De Próstata

 

A biópsia da próstata é um procedimento onde o urologista obtém amostras do tecido prostático com o propósito de tentar identificar células cancerígenas.


Cistoscopia

 

A cistoscopia é um exame endoscópio das vias urinárias baixas. Também chamado de uretrocistoscopia, possibilita a visualização dos segmentos uretrais e da bexiga. O instrumento utilizado para sua realização é o cistoscópio, podendo ser semi-rígido ou flexível.

Exames que dosam proteínas substâncias na corrente sanguínea para avaliar a função renal; através destes exames é possível detectar precocemente alterações na capacidade dos rins em filtrar o sangue.

Seus valores são usados para cálculos do volume de sangue filtrado pelos rins a cada minuto.


Ácido úrico

 

O ácido úrico é o metabólito resultante da metabolização de algumas proteínas pelo organismo. Níveis elevados são fatores de risco para gota , cálculo renal  e estão associados a hipertensão e doenças cardiovasculares.


Urocultura

 

É o exame de escolha para diagnosticar infecção urinária. Com ele conseguimos identificar a bactéria responsável e ainda testar quais são os antibióticos efetivos e resistentes.

O Emprecard é um cartão de benefícios que tem como objetivo conceder descontos nos serviços oferecidos pelo grupo Empremed.

Rua Doutor Avelar, 150
Centro
Sete Lagoas – MG
35700-008

© 2019 – 2021 – Todos os direitos reservados – Emprecard | Desenvolvido por